Comamos e bebamos porque amanhã morreremos.
Não há sermão sem Santo António, nem panela sem toucinho.
Faz bem jejuar, depois de jantar.Barriga cheia (quente pé dormente.A boa ceia, ante tempo se enxerga.Comer do bom e do barato anúncios de viterbo sexo nem no Crato.Carne, carne cria e peixe, água fria.Vinho em excesso nem guarda segredo, nem cumpre promessa(s).
Se queres ser são, come fruta jovem procura homem em df com pão.
Galinha «pedrês» não a comas nem a dês Galinha velha faz bom caldo.




Como escritora de literatura infanto-juvenil (História de um Rio Contada por um Castanheiro; O mulheres de namoro pomezia Manuscrito da Grad' Ouro (co-autora Era um Azul tão Verde; O Tesouro da Moura; Dona Bruxa Gorducha - distinguido em 1996 pela Revista Whiteravens O Arrumador- em Contos da Cidade.Azeite de oliva todo o mal tira.Mel novo, vinho velho.Carne de hoje, pão de ontem, vinho de outro verão fazem o homem são.Não há amor como o primeiro, nem pão como o alvo, nem carne como o carneiro.Das aves, boa a perdiz, mas melhor a codorniz.
A barriga não tem ouvidos.



Não há fome que não dê em fartura.
O bom guisado abre a vontade de comer.
Beber sem comer é cegar sem ver.

[L_RANDNUM-10-999]